SHOE WAVE
Economia

Pesquisa da Facape revela que cesta básica está mais cara em Petrolina

cesta

[ad name="728x90"]

A inflação registrada em Juazeiro foi de 4,12%, contra 5,03% em Petrolina.


Depois de dois meses consecutivos, o valor da cesta básica volta a ser maior em Petrolina em comparação com a cidade de Juazeiro.  É o que aponta o Índice da Cesta Básica (ICB) do mês de julho, realizado pela Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). A inflação registrada na cidade baiana foi de 4,12%, contra 5,03% no lado pernambucano.

Segundo o levantamento, alguns produtos da cesta permanecem com os preços elevados, como feijão, carne e leite. Este último item vem apresentando uma elevação gradativa desde janeiro de 2016, o que deve permanecer devido à entressafra – acarretada pelas baixas temperaturas e estiagem nas principais regiões produtoras – e o maior custo na criação de vacas leiteiras.

Apesar de alguns produtos terem sofrido redução nos preços, o valor da cesta continua subindo e chega a R$ 335,97 em Juazeiro e R$ 336,80 em Petrolina. Assim, um trabalhador do Vale do São Francisco que recebeu um salário mínimo de R$ 880 gastou 37,8% da renda com a aquisição da cesta, restando R$ 547,41 para as demais despesas, como saúde, higiene, transporte e moradia.

O Índice da Cesta Básica (ICB) é realizado mensalmente pelo Colegiado de Economia da Facape. A pesquisa completa está disponível na seção ICB, na página eletrônica www.facape.br

[ad name="350x250"]

Editor: Nelson Fontes

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.