Faculdade Soberana
Eventos

A 46º Jecana do Capim encerra o São João de Petrolina com emoções e bom humor

Após quase 40 dias de ​eventos, o ciclo junino de Petrolina foi encerrado com doses altas de bom humor, emoção e originalidade. Neste domingo (02), dezenas de competidores disputaram as corridas de jumentos e burros da 46ª Jecana da comunidade do Capim. O evento representou a conclusão oficial do São João de Petrolina, que foi iniciado em 19 de maio com shows no bairro José e Maria.


Cerca de três mil sertanejos se espremeram à beira da pista de terra batida onde ocorrem as descontraídas corridas de jumentos e burros. Após mais de duas horas de disputa, o páreo formado pelo jóquei Marcones Santos (de 13 anos) e o jumento Fumaça levou o cobiçado troféu Cangalha de Ouro. “Corro desde os dez anos e meu pai é vaqueiro, então, é um orgulho muito grande para a gente conquistar esse título”, disse o jovem campeão. 

Na categoria da corrida dos burros, a dupla campeã foi Valnei Silva (16 anos) e a burrinha Morena. A Jecana ainda premiou os animais mais bem ornamentados da festa com o título “Jegue Fashion”. O destaque nessa categoria ficou para o casal de animais de Genivaldo Marques. Vestidos com paletó, véu e grinalda, os jegues simularam um casamento matuto, arrancando gargalhadas do público na comunidade do Capim. “Todo ano eu venho para a Jecana e não me canso porque é uma festa de muita descontração e que valoriza nossa tradição”, descreveu a comerciante Daniela Pereira, que acompanhou toda a competição.



No total, a Prefeitura distribuiu R$ 30 mil em premiações​ao longo da festividade no Capim. Após as competições, a Jecana foi encerrada com o tradicional “ 
​Forró do Poeirão”, com a apresentação de Guilherme Dantas. O festival foi iniciado na última sexta-feira na zona rural petrolinense com apresentações culturais, barracas de comidas típicas juninas, missa entre outras atividades.

Editor: Nelson Fontes

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.