SOBERANA
Campanha

Leite de Todos: famílias cadastradas em Petrolina já podem retirar alimento

A Prefeitura de Petrolina iniciou nesta terça-feira (11) a distribuição do leite do programa ‘Leite de Todos’ que tem como objetivo atender às necessidades nutricionais de gestantes, mães que estão amamentando, além de crianças e idosos.
A distribuição do alimento já está sendo feita nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) dos bairros, Rio Corrente, José e Maria, Fernando Idalino, além da associação de moradores do bairro Pedra Linda e nas comunidades de Uruás e Rajada.
O programa do governo de Pernambuco atendia cerca de 200 pessoas na cidade, mas foi ampliado recentemente e segundo a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Kátia Carvalho, agora mais de 400 pessoas serão  beneficiadas em Petrolina.
Este programa foi ampliado graças a um esforço da equipe de segurança alimentar que estabeleceu um novo plano de trabalho que foi muito bem aceito pelo governo do Estado e conquistamos a ampliação. Dobramos o atendimento aqui em Petrolina, inclusive, ampliando para duas comunidades que são Rajada e Uruás. Isso é muito importante para assegurar a qualidade nutricional das famílias”, destaca a gestora.
Com a ampliação, a quantidade de leite distribuído às famílias cadastradas passará de 6 mil litros para 12 mil na cidade. A gestora da pasta lembra ainda que as pessoas cadastradas devem se dirigir aos Centros de Referência de Assistência Social para buscar o alimento o mais rápido possível.
O leite é um alimento bastante perecível, a entrega é feitas em oito unidades nos dias de terça e sexta e as famílias cadastradas já devem comparecer às unidades a partir das sete da manhã para pegar o alimento. Vale lembrar que, caso a família não faça a retirada do leite, nós precisamos encaminhar o alimento às unidades socioassistenciais conveniadas”, lembra a secretária.
Cada unidade dos CRAs deverá contemplar 80 famílias. São beneficiadas pelo programa crianças entre 2 e 7 anos de idade; idosos a partir de 60 anos; gestantes e mulheres que amamentam até os seis meses.
ASCOM - Prefeitura Municipal de Petrolina

Editor: Nelson Fontes

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.