Faculdade Soberana
Celebridades

Fã de Bolsonaro hackeia canal da drag queen Pabllo Vittar e exclui clipe de K.O.

canal no YouTube da drag queen Pabllo Vittar foi invadido na manhã desta segunda-feira (28) por hackers que se identificam como Sh4dowNetwork. A foto de perfil da cantora foi substituída por uma do deputado federal Jair Bolsonaro (PP) sem camisa, segurando um peixe, e o clipe da música K.O., que já passava dos 100 milhões de visualizações, foi excluído. Além disso, dois vídeos intitulados Meu catierpe e O cancro(feat. Inês Brasil e Bolsonaro) foram publicados e posteriormente removidos. 


Viver entrou em contato com a assessoria de imprensa da artista, mas não obteve retorno. Nas redes sociais, fãs se mobilizaram para prestar apoio a Pabllo e levantaram a hashtag #TodosComPablloVittar, que figurou como o assunto mais comentado do Brasil e do mundo no Twitter. As demais redes sociais da cantora maranhense, nas quais acumula milhões de seguidores, permaneceram sem novas publicações desde o último domingo (27). A conta @Sh4dowNetwork afirmou não ter ligação com o ataque: "Não tenho nenhum envolvimento com o canal do Pabllo Vittar 'ownado'. Fizeram e botaram meu nome apenas". E acrescentou: "Amanhã nós caçamos quem foi que fez essa p**** e botou no meu nome".

Phabullo Rodrigues da Silva, de 22 anos, superou RuPaul Charles e se tornou a drag queen mais famosa do mundo. Ela se tornou conhecida no Brasil após a repercussão da música Todo dia, em parceria com Rico Dalasam. Depois, o single K.O. perpetuou o sucesso do álbum Vai passar mal. Recentemente, a cantora alcançou projeção internacional ao estrelar, ao lado de Anitta, o clipe da faixa Sua cara, de Major Lazer, gravado no Marrocos. 
Por: Diário de PE

Editor: Nelson Fontes

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.