SHOE WAVE
Polícia

Polícia Civil de Pernambuco esclarece sobre um suspeito preso, nesta segunda-feira, pela Polícia Militar, no município de Lagoa Grande-PE

A Polícia Civil de Pernambuco esclarece que realizou a escuta de um suspeito preso, nesta segunda-feira (30/10), pela Polícia Militar, no município de  Lagoa Grande, sertão pernambucano.  

Durante o interrogatório, o homem não confessou envolvimento na morte de Jean da Silva Santos, de 29 anos, ocorrida no último sábado (28/10), motivo pelo qual foi detido. E nem no assassinato da  menina Beatriz Angélica Mota, morta, em dezembro de 2015, numa festa da escola, em Petrolina, também Sertão do Estado. 


Cumprindo protocolo padrão realizado pelas polícias, a saliva do homem foi colhida pela Polícia Científica, no IML de Petrolina. O material genético será comparado ao material recolhido na faca utilizada no crime de Beatriz. O resultado do DNA deve sair em 10 dias, quando as Polícias Civil e Científica irão se pronunciar sobre o fato.



Seguindo o Procedimento Padrão, antes da coleta do material biológico o suspeito irá assinar um Termo de Livre Consentimento e Livre Esclarecimento (TCLE), no qual deverá constar além de outros dados pessoais a foto e a digital do polegar direito.

Editor: Nelson Fontes

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.