SHOE WAVE
Eventos

Coletivo Passarinho estreia o seu novo trabalho; "Maria e Virgulino na hora anunciada", em Petrolina-PE; Confira

Amor de amantes perpétuos; amor pela vida, vida que quiseram ter, mas que suas escolhas os impediram de alcançá-la. Luta ambígua, ora vista como justa, ora impura, cruel e sanguinária. Dois mitos que ocupam o imaginário popular como bastiões de força, astúcia e prontidão. Uma tríade estandarte, uma tríade coragem.

Com texto de Marcos Barboza, cearense que escreve peculiarmente sobre o Nordeste ao longo de sua dramaturgia, o espetáculo tem encenação assinada por Thom Galiano e atuação de Fernanda Barboza e Juliano Varela. Apresenta como ficção a última hora de vida de Maria de Déa e Virgulino Ferreira, ícones do cangaço no Brasil, a partir de um diálogo que mescla um cotidiano comum de um casal com suas idiossincrasias e a anunciação da morte que os espreita.

O trabalho de pesquisa em torno desses personagens e a montagem resultou num processo de desconstrução da tradicional imagem que se tem propagada dos dois mitos, o que culminou numa versão de Maria Bonita e Lampião bastante própria do trabalho, pois incomum.

Maria e Virgulino na hora anunciada traz à tona um amor que beira a insanidade, tão singelo e sublime, quanto intenso e visceral. Na luta pela vida num universo hostil e traiçoeiro, ambos buscam proteger o outro das artimanhas dos inimigos, só que de maneiras diferentes. O embate que se estabelece entre os dois mostra personalidades fortes, mas também as fragilidades e os sentimentos que os movem. Tudo isso entrecortado por temas que estão na ordem do dia da realidade, como política, corrupção e justiça.

O que esperar do caminho traçado por si mesmo? Para onde ir quando se quer fugir de suas próprias escolhas? Quando se manda embora o grande amor de sua vida para poder livrá-lo dos malfazejos destas escolhas, é o momento de assumir sua hora anunciada. 



Sinopse:
A vida desses dois seres persiste em transbordar a linha que divide o real e o mito, a prova e o sonho. Não seria diferente na última hora de vida, os minutos que precedem suas execuções na manhã de 28 de julho de 1938 na Grota de Angicos. A peça empresta do mito e da história para recriar em um auto de pecados, virtudes e escolhas, divinas e profanadas esses possíveis instantes mágicos de intimidade e destino de um homem e uma mulher.


SERVIÇO
Espetáculo Maria e Virgulino na hora anunciada
Onde: Janela 353, em cima do Café de Bulé, ao lado do Colégio Auxiliadora, em Petrolina-PE.
Quando: 26 de novembro e 03 de dezembro, às 19:00 hs.
Quanto: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia).
Classificação Indicativa: 12 anos.

Apoio: Divulga Petrolina

Editor: Nelson Fontes

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.