SHOE WAVE
Eventos

Samba de Pareia encerra ciclo da Pisada dos Cocos no Sertão

Apresentações gratuitas integram programação do projeto Sonora Brasil em sua 20ª edição
Bodocó, Araripina e Petrolina recebem nos dias 22/11, 23/11 e 24/11, respectivamente, o projeto Sonora Brasil, realizado pelo Sesc, com apresentações do Samba de Pareia. Bodocó abre a programação no dia 22 de novembro, na Capela dos Santos Reis, localidade da Várzea do Meio, a partir das 20h. No dia 23 a apresentação acontece em Araripina, às 20h, no Lions Club. Em seguida o grupo segue para Petrolina, no Sertão do São Francisco, às 20h, na Ilha do Massangano, com a participação do Samba de Véio. Em todos os locais o acesso é gratuito ao público.


O Samba de Pareia fecha o ciclo de apresentações do Sonora Brasil, que em sua 20ª edição, circula desde o mês de julho com o tema “Na pisada dos cocos”, apresentando quatro grupos de diferentes regiões do Nordeste. O Samba de Pareia vem do povoado de Mussuca, no município de Laranjeiras, a 23 Km de Aracaju, capital do estado de Sergipe. É uma comunidade de remanescentes quilombolas que se empenha para manter as tradições herdadas de seus antepassados. A pesca e a cata de crustáceos, como o caranguejo e o sururu, são as atividades econômicas tradicionais do local.
O samba não se caracteriza como um folguedo, mas apresenta dança coreografada e trajes padronizados. As letras das músicas fazem alusão a situações do dia-a-dia, normalmente com muita irreverência. O grupo é liderado por uma mestra, Dona Nadir, o que é raro nos grupos de tradição, onde as funções de liderança normalmente cabem aos homens, e conta também com a participação de Mangueira (Acrisio dos Santos), Carmélia dos Santos, Elenilde da Silva, Maria Edenia dos Santos, Maria Ednilde dos Santos, Cecé (Maria José dos Santos), Maria Lucia Santos, Maria Luiza dos Santos, Maria José dos Santos e Normália dos Santos.


Editor: Nelson Fontes

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.