Pedido da Defensoria Pública pode devolver ao Rio chefões do crime - DIVULGA PETROLINA

Hoje

Home Top Ad

PROPAGANGA

29 de set de 2017

Pedido da Defensoria Pública pode devolver ao Rio chefões do crime

Um habeas corpus apresentado pela Defensoria Pública da União (DPU) ao Supremo Tribunal Federal (STF) pede o retorno, aos seus estados de origem, de todos os presos que estão há dois anos ou mais detidos no sistema prisional federal.
Reportagem do jornal O Globo informa que, caso a solicitação seja atendida pelo STF, sentenciados como os traficantes Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar; Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP; e Antônio Francisco Bonfim Lopes – o Nem, suspeito de ter dado ordem para uma quadrilha invadir a Favela da Rocinha, no último dia 17 – poderão retornar a presídios do Rio de Janeiro.
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tentará barrar o pedido da DPU apelando ao relator do caso no STF, ministro Alexandre de Moraes.
“Vou fazer um apelo ao ministro Alexandre para que ele avalie com cuidado porque, se atendido o pedido da Defensoria Pública, pode gerar uma instabilidade ainda maior no estado. Vou dizer a ele que esse pedido não faz nenhum sentido. Esses presos foram enviados a outros estados justamente para ficarem isolados. A volta deles pode piorar a já grave crise que vivemos”, disse Maia a O Globo.
Dados do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) apontam que 55 presos do Rio estão há mais de dois anos no sistema penitenciário federal, quase 30% dos 185 detentos nessa situação.
O pedido de habeas corpus foi feito pelo defensor público federal e defensor nacional de direitos humanos Anginaldo Oliveira Vieira. Ele argumenta que a legislação permite o encarceramento em presídios federais por 360 dias, prorrogáveis por mais 360, totalizando 720, pouco menos de dois anos.
Por: Metropoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

Pages