Chove forte em cidades do Sertão e Agreste de Pernambuco

Choveu bastante no Sertão, nos municípios de Afrânio, Dormentes, Triunfo e Santa Filomena.

chuva b

Um fenômeno denominado Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) fez chover forte nesta quarta-feira (4) no Agreste pernambucano. Cidades como Sanharó, por exemplo, registraram 106 mm de chuva em apenas seis horas. Na terça-feira (3), também por conta do VCAN, choveu bastante no Sertão, nos municípios de Afrânio, Dormentes, Triunfo e Santa Filomena.

O VCAN é um sistema meteorológico caracterizado por centros de pressão relativamente baixa nos níveis mais altos da atmosfera, que giram em sentido horário, fazendo com que o ar seco desça para a superfície, gerando a formação de nuvens.

Thiago do Vale, meteorologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), informa que não é incomum chover tanto assim no interior essa época do ano. “O VCAN não necessariamente ocorre nesse período, mas não é anormal que aconteça. Às vezes ele se dá na Paraíba, no Rio Grande do Norte ou no Ceará e nem chega a Pernambuco, é muito relativo”, disse.

A cidade onde mais choveu no Agreste do Estado foi Sanharó, com registro de volume de chuva de cerca de 106 mm, mas a precipitação elevada também atingiu Correntes (40 mm) e Poção (38 mm).

Ontem foi no Sertão que o calor deu uma trégua. Em Afrânio e Dormentes, ambos localizados no Sertão do São Francisco, choveu 57.2 e 55 mm, respectivamente. Em Triunfo, Sertão do Pajeú, o volume de chuva chegou a 54 mm e em Santa Filomena, na área central da região, a precipitação foi de 32 mm.

“Nossa expectativa é que, com a passagem do VCAN, as chuvas cessem no interior”, afirmou Vale.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar