Moradores de comunidade começam a se preparar para a Ilha do Vinho em Petrolina, PE

ilha_do_vinho_-_gilson_pereira

 

julio e o vinho da ilha

Projeto pretende ressaltar o enoturismo em Petrolina, PE.
Comunidade da Ilha do Massangano poderá viver da agricultura.

Cerca de 200 famílias poderão viver da agricultura na Ilha do Massangano em Petrolina no Sertão pernambucano. Começou a ser desenvolvido no local o projeto ‘Ilha do Vinho’ que tem o intuito de ressaltar o enoturismo na região, e, com isso, gerar oportunidade de emprego para os moradores da comunidade.

O projeto tem o objetivo de destacar além do turismo, a cultura, a economia e a gastronomia da Ilha, incentivando à agricultura familiar. Segundo o secretário de Ciência e Tecnologia, Newton Matsumoto, a Ilha do Massangano se tornou ponto turístico. Pensando nisso, surgiu a iniciativa de tornar o local em patrimônio cultural. “A Ilha oferece todas as condições para atrair as pessoas. Por isso, subdividimos as áreas e já iniciamos as implantações e os treinamentos para a comunidade”, conta.

A comunidade já está recebendo capacitações mensais para aprender sobre o plantios de uvas e produção da fruta, sucos, geleias e vinhos para comercialização.

Newton também conta que o projeto vai trazer inclusão social e melhores condições de vida aos agricultores. “O projeto vai dar oportunidade aos agricultores da Ilha do Massangano, gerando atividades que permitam que ele possa viver da própria terra. Essa é uma cadeia que mais agrega valor, desde a produção do suco, vinho e turismo. Com isso, pretendemos que a Ilha seja um ponto de turismo e também de economia, para que eles não trabalhem para os outros e vivam do que produzem”, conta.

As capacitações vão durar cerca de seis meses para que a comunidade possa iniciar a produção. As famílias que já estiverem atuando no plantio e produção também vão ter acesso a uma linha destinada ao agricultor familiar pela Agência do Empreendedor Municipal. Esse crédito será uma ajuda de custo para o projeto e garantia para manter a produção.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar