Facebook bloqueia mais de 60 páginas e contas ligadas ao Irã

Facebook anunciou nesta sexta-feira (26) que bloqueou grupos e contas ligadas ao Irã por influenciar a política americana e britânica com publicações sobre imigração e relações raciais.

O chefe da política de segurança cibernética do Facebook, Nathaniel Gleicher, disse que identificou 82 páginas, grupos e contas originadas no Irã que violaram regras do Facebook.

Gleicher disse que eles têm semelhanças com contas que foram retiradas do ar no início do ano e eram ligadas à mídia estatal no Irã. As identidades dos donos das contas não foram descobertas.

“Muitas vezes é difícil saber quem está por trás desse tipo de atividade”, disse o executivo.

Os donos das contas tentam esconder suas identidades fingindo ser principalmente cidadãos americanos e, em alguns casos, britânicos, segundo Gleicher.

As publicações em contas ou páginas, incluindo perfis do Instagram –de propriedade do Facebook–, focavam em “semear discórdia” por meio de tópicos altamente controversos, ao invés de abordar campanhas ou candidatos específicos.

O problema envolveu 30 páginas, 33 contas e três grupos no Facebook, além de 16 contas no Instagram.

Pouco mais de um milhão de contas seguiram pelo menos uma dessas páginas, principalmente durante o ano passado, ainda de acordo com a rede social.

As contas envolvidas organizaram sete eventos, mas Gleicher não revelou detalhes sobre se eles ou onde eles aconteceram.

Com informações da Folhapress. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar