Médicos não conseguem se inscrever no site do Mais Médicos. O site apresenta instabilidade, ficando fora do ar no primeiro dia de inscrição

Ministério da Saúde diz que dificuldade se deve ao número de acessos

portal do Mais Médicos apresenta instabilidade desde a manhã de hoje (21), e médicos relatam dificuldade para se inscrever no programa. Segundo o Ministério da Saúde, a dificuldade se deve ao grande número de acessos.

As inscrições para o programa começaram nesta quarta-feira (21), às 8h. De acordo com a Associação Médica Brasileira (AMB), reclamações de que o site está fora do ar começaram a chegar na associação cedo. A Agência Brasil tentou o acesso por volta das 12h e também não conseguiu. Na tela aparece a mensagem: “Não é possível acessar esse site”.

“A AMB vê com preocupação o fato, pois o prazo que já é curto, e agora fica menor. A AMB entrará em contato com o Ministério da Saúde buscando esclarecer a situação e solicitando prorrogação do prazo em virtude da falha apresentada”, disse em nota a AMB.

O Ministério da Saúde informou, pelo Twitter, que as inscrições estão ativas. “Devido ao grande número de acessos, o sistema para as inscrições têm registrado picos, e nesses momentos, pode haver dificuldades de acesso, que é retomado em seguida”, disse a pasta.

Segundo o ministério, desde ontem (20) foram registrados 1 milhão de acessos, e na primeira hora desta quarta-feira (21) foram registradas as inscrições de 2 mil médicos.

Inscrições

Pelo Twitter, o ministério confirma que as inscrições vão até o dia 25 de novembro. Ao todo, são ofertadas 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 Distritos Indígenas, que antes eram ocupadas por médicos da cooperação com Cuba. As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição. O início das atividades está previsto para 3 de dezembro.

Via
EBC

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar