Xiaomi domina venda de celulares na Índia e já é uma das marcas mais procuradas no Brasil

A empresa de pesquisa Counterpoint divulgou uma nova rodada de pesquisas mostrando o quanto o mercado indiano é importante para a Xiaomi. De acordo com a companhia, os dados do levantamento foram obtidos usando como referência o comércio online no país.

Com isso, o resultado mostra que as vendas de smartphones online estão crescendo 26% ao ano. Durante o segundo trimestre de 2019, com a realização de diversos eventos e lançamentos, a Xiaomi foi a mais privilegiada neste nicho de mercado. Por isso, a empresa continua na liderança, com 46% de participação.

Já a Realme aparece em segundo lugar com 17% e ultrapassa até mesmo a gigante Samsung, que ficou com 11%. Completam o ranking, a ASUS com 6% e a Huawei com apenas 4%. Veja abaixo um comparativo entre o segundo semestre de 2018 com o mesmo período deste ano:

Segundo os analistas da Counterpoint, a Xiaomi perdeu um pouco de sua participação entre 2018 e 2019 graças ao crescimento de uma concorrente muito poderosa: a Realme. Apesar de ser uma subsidiária da Oppo, a companhia vem investindo pesado no lançamento de aparelhos baratinhos e isso tem chamado a atenção do consumidor indiano.

Agora, quando levamos em consideração os modelos mais vendidos no período, o Redmi Note 7 Pro aparece com 12,1% de participação e é acompanhado pelos Redmi 6A e Note 7. Já a Realme fecha o top cinco colocando dois representantes no pódio: Realme C2 e Realme 3:

Com a divulgação dos novos números, a Xiaomi continua mostrando a sua força dominante na Índia. No entanto, a Realme vem se tornando uma desafiante de peso e pode começar a ameaçar a sua compatriota no longo prazo.

Isso porque o mercado indiano é conhecido por preferir dispositivos de baixo custo e ambas estão lançando ótimas opções para esse nicho. Agora, resta saber como será o desempenho das empresas neste trimestre.

Com informações: Tudocelular

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Clique aqui e fale com Divulga Petrolina pelo WhatsApp
Fechar