Paulo Câmara lamenta morte do artesão Mestre Aprígio. Patrimônio Vivo de Pernambuco

Morreu na noite da segunda-feira (27) o artesão José Aprígio Lopes, mais conhecido como Mestre Aprígio, Patrimônio Vivo de Pernambuco.

Recentemente, recebeu do governo estadual o título de ‘Patrimônio Vivo de Pernambuco’, concedido pelo governador Paulo Câmara no dia 16 de agosto de 2019. Exames são aguardados para a confirmação da causa do óbito.

CONFIRA NOTA DE PESAR DE PAULO CÂMARA

O convívio com os vaqueiros desde a infância, no Sertão pernambucano, e seu grande talento para o artesanato, fizeram do Mestre Aprígio um dos maiores artistas brasileiros no trabalho com o couro. Autor de lindas peças, seus chapéus, gibões e sandálias vestiram nomes como Luiz Gonzaga, Gonzaguinha e Dominguinhos, entre tantos outros.

Eleito Patrimônio Vivo de Pernambuco em 2019, seu legado permanecerá como uma referência indelével no cenário artístico e cultural do nosso Estado. Quero me solidarizar com seus familiares e amigos neste momento de dor.

Paulo Câmara – Governador de Pernambuco

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar