Contratações Cresce em mais de 50% em Petrolina, PE

Caged divulga crescimento no mês de Setembro de 2014.

Agronegócio e comércio são os setores com maior número de admissões.

contaração

Crescem os números de admissão em Petrolina, no Sertão pernambucano, apresentados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O cadastro aponta que os índices de admissão, no mês de setembro, superam os de demissão nos setores de Agronegócio, Comércio, Serviço e Construção.

Os dados apontam que no agronegócio foram contabilizados 61,80% de admissões, diante de 38,20% de desligamentos. Seguindo pelo setor de Comércio que apresentou 56,91% de novos empregos e 43,09% demissões. A área de Serviços apresentou 54,65%  contratações e 45,35% dispensas. Já na área de Construção Civil, ofereceu 52,24% novas vagas contra 47,76% desligamentos.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, Jorge Assunção, o setor do agronegócio foi o que mais contabilizou admissões, devido a importância desse setor no município. “Esse crescimento no município, deve-se também ao crescimento no mercado nacional. Este foi um ano bom para a agricultura que levou esse aumento nas admissões do setor. Esse percentual atinge diretamente a produção e exportação da uva e manga”, afirma Assunção.

Segundo o Secretário do Sindicato Patronal Rural e da Câmara de Fruticultura de Petrolina, Edis Matsumoto, o aumento de 61,80% nas contratações deve-se a colheita da produção de uva e manga. É uma situação sazonal, que acontece todos os anos e acaba impulsionando o município no quesito de empregabilidade. O problema é que quando acaba a colheita a maioria das fazendas dispensa esses trabalhadores e só volta a contratar novos funcionários na próxima safra.

“A partir de maio existe uma contratação para a safra da uva, em setembro existe outra contratação para safra, colheita da produção que coincide com o início da produção da manga. Esse tem sido o grande motivo de contratações nesse período. As admissões são motivadas pela colheita”, conta Edis.

Loja de confecção contrata vendedoras em Petrolina (Foto: Pollyanna Gondim / arquivo pessoal)

Loja de confecção contrata vendedoras em Petrolina
(Foto: Pollyanna Gondim / arquivo pessoal)

O crescimento de 56,91% nas admissões no comércio, também trouxe para os comerciários aumento nas vendas. Segundo a empresária Pollyanna Gondim, proprietária de uma loja de moda feminina do centro da cidade, as contratações aumentam no final do ano e estimulam as vendas no comércio. “As vendas no mês de setembro foram excelentes. Irei contratar novas funcionárias no fim deste mês. Esperamos que dezembro venha com tudo e já estamos estocando para esse período de trabalho”, conta.

 

(Fonte): G1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar