A idosa presa há 13 dias, a defesa arrecada apenas R$ 400 de dívida de pensão

001 (1)

Treze dias se passaram e a defesa de Benedita Conceição dos Santos, idosa que deve mais de R$ 4 mil de pensão alimentícia dos dois netos, só conseguiu arrecadar R$ 400, uma única doação recebida. O delegado Samuel Neto afirma que, na segunda-feira (23), uma mulher esteve na unidade querendo pagar a dívida e foi orientada por ele a ir ao Fórum.

No entanto, no local, segundo o delegado, a mulher foi orientada a procurar a nora da idosa e retornar com um recibo para a Justiça avaliar se a mulher pode ser libertada. Ela tem 63 anos e está detida no Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa, extremo-sul da Bahia, desde o dia 11 de fevereiro.

Por volta das 19h, em contato com a família de Elizângela dos Santos, foi informado que ela chegou a esperar pela mulher a tarde toda, mas ninguém apareceu. O advogado da idosa, Mozart Soares, afirmou que não tinha conhecimento desse interesse e afirma que os R$ 400 doados continuam guardados com ele.

“Ela é muito velha, está cansada, mas a estão tratando muito bem na delegacia. O delegado e o escrivão estão dando toda assistência. Eu soube que o prefeito vai dar ajuda, o ex-prefeito também, mas até agora nada. Os únicos R$ 400 foram de um radialista de Teixeira de Freitas”, disse o advogado. “Eu sou bonzinho”, brincou o delegado.

Uma proposta de acordo de R$ 2 mil pelo pagamento da dívida chegou a ser recusada pela mãe das crianças. Benedita está presa desde quarta-feira (11) e, ao todo, deve R$ 4.417,36.

Jailson dos Santos, pai das crianças, disse que não efetuou os pagamentos porque estava desempregado. Diante disso, a responsabilidade foi assumida por Benedita dos Santos. Ele afirma que conseguiu emprego em novembro de 2014 e espera poder ajudar a mãe a sair da prisão.

Elizângela dos Santos, mãe das crianças, uma de sete anos e outra de três, disse que está desempregada, mora sozinha com os filhos e há mais de dois anos não recebe a pensão. O ex-companheiro dela e filho de Benedita, Jailson dos Santos, mora no Rio de Janeiro, mas voltou para Bahia para juntar o dinheiro e tentar resolver a situação.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar