Com reajuste na conta de água em Pernambuco, novas formas de consumo serão adotadas por famílias de Petrolina

agua c

O aumento será de 8,35% e é previsto para o dia 20 de março.
Famílias se organizam para economizar e amenizar a mudança de valor.

Famílias de Petrolina se organizam na tentativa de economizar água antes do reajuste de 8,35% na conta previsto para o dia 20 de março. A decisão do aumento no valor foi da Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) que visa, segundo publicação no Diário Oficial, preservar o equilíbrio econômico-financeiro da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Pensando no que vem pela frente, consumidores como o pedreiro Gesso Alves dos Santos Filho, que tem mais seis pessoas morando na mesma casa, mudou alguns hábitos para não sentir tanto no bolso o reajuste na conta de água. Uma dessas medidas foi ensinar a todos da casa a fechar o registro do chuveiro e a bica da pia quando estão se ensaboando ou escovando os dentes. “No banho fecha o registro quando se ensaboa, na pia da mesma forma, a máquina de lavar só usamos de oito em oito dias”, conta o pedreiro.

Medidas como essa fazem a diferença quando a conta chega, mas também favorece o meio ambiente com menor desperdício de água. A dona de casa Francilurdes da Silva, que mora no bairro Henrique Leite, Zona Leste de Petrolina, sempre fez esse tipo de economia. Ela costuma reutilizar água do enxágue da máquina de lavar roupas para limpar o chão de casa. “Eu já comecei economizar, mas toda a vida fui econômica. Quando vemos esse aumento da água ou que vai faltar água, a gente procura ao máximo economizar água. Faço o que eu posso”, declara a dona de casa que espera que com o reajuste no valor o abastecimento melhore na região onde mora. “Eu acho um absurdo, porque aumenta o valor da água, mas falta muita água. A gente não tem água suficiente”, finaliza Francilurdes.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar