MST bloqueia Ponte Presidente Dutra em Petrolina, PE

Cerca de 400 manifestantes atearam fogo em pneus.
Manifestação deve durar até 10h desta quarta, afirma representante do MST.

img-20150311-wa0008

Um grupo de manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocupa desde às 8h desta quarta-feira (11) a Ponte Presidente Dutra, na BR-407, em Petrolina. Na pauta de reivindicações está a luta nacional das mulheres e a discussão sobre a reforma agrária.

Segundo o integrante da direção estadual do MST, Reginaldo Martins, o movimento foi organizado em vários locais pelo Brasil e outras rodovias devem estar sendo bloqueadas simultaneamente. “Faz parte da jornada da luta das mulheres que é comemorada em todo o mês de março. Também queremos chamar a atenção para a pauta da reforma agrária que está parada desde 2011”, afirmou Reginaldo.

Os manifestantes atearam fogo em pneus para bloquear a BR. Segundo o integrante, cerca de 400 pessoas estão participando do bloqueio. Nesta terça-feira (10), o grupo ocupou duas agências bancárias em Petrolina e a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Engarrafamento na BR-407 (Foto: Magda Lomeu/Arquivo pessoal)
Engarrafamento na BR-407 (Foto: Magda Lomeu/Arquivo pessoal)

A expectativa é que a mobilização aconteça até às 10h desta quarta. “Estamos esperando uma determinação da rede nacional. Não devemos ficar por mais tempo para não atrapalhar e passar pela ponte e este é um horário de pico”, disse. Segundo Reginaldo, já está marcada para esta semana uma audiência em Recife entre os representantes do MST e o Governo do Estado de Pernambuco para discutir a pauta estadual.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar