Projeto que regulamenta ‘paredões de som’ volta a pauta e é aprovado na Casa Plínio Amorim

Parque-paredões-1

Após ser retirado de pauta na sessão da última terça-feira (17) na Casa Plínio Amorim,  o projeto de lei que regulamenta o uso de paredões, em Petrolina, finalmente foi votado e aprovado – por 12 votos a 1 na sessão de ontem (19).

Segundo o projeto de Lei nº 001/2015, de autoria do vereador Zé Batista da Gama (PDT), a ideia é que os proprietários de paredões possam participar de eventos devidamente regulamentados pela Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA).

A assessoria de comunicação da prefeitura informou que a AMMA já esteve vistoriando nesta quinta-feira (19) o Parque de Vaquejada Amaro Ivaldo, possível espaço para o encontro de ‘paredões’.

A diretora-presidente da AMMA, Denise Lima, explica que em Petrolina é proibido a colocação de paredões na área urbana e que a utilização desses equipamentos só pode ser feita com um alvará sonoro da agência. “A empesa tem que fazer requerimento da licença ambiental e logo após a licença ambiental, ele vai fazer o requerimento do alvará sonoro.

Para quem deseja fazer uso dos equipamentos e promover festas é necessário fazer o requerimento com no minímo 30 dias de antecedência na AMMA, que fica na Rua Tobias Barreto, no Centro. Outras informações através do contato (87) 3866 -2779.

OwAAAB5tWo18GPy2bX_OmeAoa-KPJEy67aWBaYaj5GkIAdpLGT7nysnUseFrjD_a_I6iH3GXmU8LsNZMBaVnPkshpDUAm1T1UCPapE81p4pXp7StxuhScqeU2S3L

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar