Após pergunta sobre feminismo, Enem traz a violência contra a mulher como tema da redação

enem_redacao
O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, conforme divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no conta oficial da instituição no Twitter.
No último sábado, durante o primeiro dia de prova, uma questão da prova de Ciências Humanas chamou a atenção nas redes sociais, sobretudo de grupos feministas.  A pergunta citava a célebre citação de Simone de Beauvoir (“Não se nasce mulher, torna-se mulher”) em uma questão sobre as lutas feministas da metade do século XX.
Este domingo (25/10) é o segundo dia de prova do exame e também o mais temido por muitos candidatos, justamente pela elaboração da redação. Os portões para entrar nos locais de prova fecharam às 13 horas, no horário de Brasília, e as provas terão duração de cinco horas e 30 minutos. Os candidatos precisarão responder a 45 questões de linguagens e códigos, 45 de matemática e produzir uma redação.
O primeiro dia de prova foi considerado “tranquilo” pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, durante balanço. Segundo o Ministério da Educação (MEC), 364 candidatos foram eliminados do exame. Destes, 330 portavam equipamentos inadequados na sala de aula e 34 foram identificados com objetos proibidos pelos detectores de metal. A abstenção ficou em 25,31%, número menor comparado a 2014.
(Com informações da Agência Brasil)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar