Dia de combate à sífilis terá testes rápidos e gratuitos no CTA em Petrolina (PE)

O Dia Nacional de Combate à Sífilis, celebrado em todo o país no terceiro sábado de outubro, será comemorado na sexta-feira (19) em Petrolina. A ação da prefeitura contará com a realização de testes rápidos e orientações educativas sobre infecções sexualmente transmissíveis, com foco na sífilis, no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), das 7h às 18h. Além dos testes rápidos para sífilis, estarão disponíveis testes para HIV e hepatites B e C.

Segundo o último Boletim Epidemiológico da Vigilância em Saúde de Petrolina, foram registrados, até setembro de 2018, 116 casos de sífilis adquirida, 75 casos em gestantes e 42 de sífilis congênita – que é passada de mãe para filho durante a gestação.

A sífilis é causada por uma bactéria chamada Treponema pallidum, que é geralmente transmitida via contato sexual e que entra no corpo por meio de pequenos cortes presentes na pele ou por membranas mucosas. A infecção desenvolve-se em diferentes estágios e os sintomas variam conforme a doença evolui.

Recomenda-se que gestantes façam os testes já no primeiro trimestre da gestação, assim como o parceiro, pois, em caso de confirmação da doença, não adianta tratar a mulher e o bebê, e o homem continuar infectado. Essa medida impede novas infecções pela bactéria.

De acordo com o gerente do CTA, Miguel Santos, a prevenção é o caminho mais fácil para evitar a sífilis. “Todas as pessoas sexualmente ativas devem se prevenir, utilizando preservativo em todas as relações sexuais e realizando os testes rápidos, que são gratuitos e ficam pronto em 30 minutos. Se detectada a doença, o tratamento, que é à base de penicilina é feito dentro das unidades de saúde e também no Serviço de Atendimento Especializado, anexo ao CTA”, destaca.

O CTA funciona na Rua Joaquim Nabuco, S/N, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Os testes são realizados de forma gratuita, rápida e sigilosa. Qualquer pessoa pode comparecer, munido de documento de identificação e cartão SUS.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar