NOTA DE REPÚDIO – A Associação dos Oficiais Militares Estaduais da Bahia

A Associação dos Oficiais Militares Estaduais da Bahia, Força Invicta, tomou conhecimento através de mensagens em WhatsApp de ameaças de corte nos salários dos “aposentados” (integrantes dos quadros da reserva e reformados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar) por atos que teriam sido propostos pela SAEB juntamente com a PGE, contudo, por cautela, procuramos confirmação disto e nada nos foi afirmado.

Porém, surpreendentemente, ao serem disponibilizadas consultas online aos contracheques do mês de novembro passamos a receber de muitos dos oficiais aposentados a confirmações destes CORTES em seus salários. Cortes em salários de aposentados, isso é um absurdo e o próprio governador está afirmando publicamente que vai preservar os direitos destes

A SAEB já ameaçou, num passado não muito distante, realizar outros cortes nos salários destes mesmos aposentados, naquela oportunidade, notificando-os previamente, fato que denunciamos ao Exmº Sr. Governador do Estado e que teve imediata suspensão.

Agora, mais uma vez, alguns profissionais da SAEB permanecem da condição de verdadeiros CARRASCOS dos nossos aposentados, como se nunca fossem chegar a esta mesma condição. Até quando isto vai continuar? Governador Rui Costa: o senhor tem conhecimento disso? O senhor concorda com essa perseguição?

Nossos oficiais da reserva e reformados, além dos praças militares estaduais na mesma condição – os quais honrosamente por mais de trinta anos de serviço trabalharam em defesa do cidadão baiano, da sua vida, da sua integridade e do seu patrimônio, colocando em risco a sua própria vida em diversos momentos da sua atuação profissional – não merecem esta perseguição.

Não podem ter seus salários suprimidos, suas gratificações calculadas em percentual sobre o soldo, as quais por muitos e muitos anos já recebem desta forma, “congeladas” por mero devaneio destes profissionais da SAEB que focam suas atenções laborais em retirar direitos remuneratórios conquistados inclusive por decisões judiciais que já vinham sendo cumpridas integralmente, para muitos, por mais de uma década.

Assim, vimos a público repudiar e denunciar a diminuição dos salários dos aposentados militares estaduais da Bahia, conclamando ao Exmº Sr. Governador do Estado e aos demais responsáveis pelos órgãos de controle da atividade pública que busquem, o mais rápido possível, corrigir esta situação que afeta pessoas honrosas, muitas das quais em extrema vulnerabilidade de sua saúde e dependentes de cada centavo que compõe os seus proventos.

POR: FORÇA INVICTA

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar