Água sanitária Dragão desmente boatos sobre vídeo contra nordestinos

Em nota divulgada em sua página do Facebook nesta quarta-feira, 9, a marca Dragão se defendeu de acusações que estão se espalhando na internet sobre vídeos em que um suposto filho do dono da empresa faz ataques xenofóbicos a nordestinos. A polêmica envolvendo discurso de ódio e eleitores do presidente Bolsonaro ganhou as redes e gerou uma campanha de boicote à marca.

Em tom de piada, alguns rapazes comemoram a vitória do atual presidente da república e acusa o nordeste de “gastar o dinheiro que sudeste produz”.  Eles fazem ameaças como “agora é faca na caveira, a gente não vai mais suportar esse pessoal”

As imagens, obviamente, despertaram a indignação de muita gente. No facebook, as críticas choveram na página oficial da marca. “Desejo uma boa falência pra vocês, bando de babacas!”, diz um dos comentários. “Respeita o Nordeste empresa lixo Bolsonaro vai fazer com que o Nordeste em peso boicote essa marca nojenta”, ameaça outro.

No início da tarde desta quarta-feira (9), a empresa publicou uma nota repudiando o conteúdo do vídeo e negando o envolvimento da marca. A nota também ressalta que a empresa é genuinamente nordestina.

“Vimos esclarecer ao público, bem como aos nossos consumidores o nosso repúdio ao conteúdo veiculado no vídeo e nas mensagens que circulam nas redes sociais envolvendo o nome da marca DRAGÃO, caracterizando portanto #FAKENEWS.

Ressaltamos, contudo, que a DRAGÃO é uma empresa genuinamente NORDESTINA com muito orgulho, tendo fábricas nos estados de PERNAMBUCO, ALAGOAS E CEARÁ atuando há mais de 70 anos no mercado do Norte/Nordeste.

Lembramos ainda que o compartilhamento de #FAKENEWS é crime, previsto em lei.”

A nota não convenceu a todos, que continuaram o boicote. Veja alguns comentários:

“Em nenhum momento a nota desmente que ele é filho do dono. Apenas fala que a MARCA não está envolvida… sei. E no final ainda deixam uma “ameaça” para quem compartilhar o video. Já era, amigos. Desmintam publicamente, apontem que o rapaz nada tem a ver com a família do dono, que eu venho aqui e me retrato. Enquanto isso, continua o boicote. Na minha casa não entra Dragão até segunda ordem”

“HAHAHAHAHAHAHAHAHA… fake news seria se o mimadinho do vídeo não fosse filho do dono da empresa, mas se vocês não apontam o oposto é que pelo visto é, não é mesmo? então nos expliquem, onde está a fake news?”

O protagonista do vídeo se chama Lucas Paolinelli Campos, ele é é sócio da empresa mineira Ramos e Campos Importação e Exportação Ltda, conhecida como Primus Gemstones. Após a repercussão do vídeo, ele excluiu suas contas do Facebook e do Instagram.

Por: Tribunahoje

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar