Dieta do ovo: confira os benefícios e como funciona o regime da moda

Utilizada principalmente no café da manhã, a proteína ajuda na saciedade e pode auxiliar na perda de peso SAÚDE.

Quem vive ligado nas dietas da moda já deve ter ouvido falar no regime popular do momento: o do ovo. Consistindo basicamente em ingerir dois ovos de manhã e uma dieta balanceada no resto do dia, o método tem adeptos que garantem ser possível perder até 14 kg em duas semanas.

“Estudos mostram que quando se consome mais proteína de manhã, o organismo modula a saciedade no restante do dia. Uma melhor produção de serotonina logo cedo, o que acontece por meio da gordura e proteína do ovo, ajuda a equilibrar as taxas, que caem ao longo do dia”, explica o nutricionista Renato França. Com a fome controlada, fica mais fácil comer porções menores durante o restante do dia e, consequentemente, emagrecer.

O interessante do ovo é ser um alimento versátil: a maioria dos brasileiros tem dificuldade em ingerir um bife ou filé de frango logo no café da manhã, mas aceita bem um omelete ou ovo frito, que podem ser consumidos com pão. Na dieta, as duas unidades são acompanhadas de uma fruta cítrica ou castanhas, dependendo da versão.

O profissional explica ainda que o colesterol do ovo não é perigoso e é possível comer muitos por dia, pois o corpo humano só absorve uma pequena parte da substância. Outro ponto importante é que cada unidade do ovo tem apenas seis gramas de proteína, contra 26 de um hambúrguer, por exemplo.

“Nem todo paciente consome a quantidade mínima de ovos, é preciso acompanhamento nutricional para decidir os valores ideais para cada um. É difícil dizer por quanto tempo dá para seguir uma dieta genérica, mas o ovo não é o problema”, completa Renato.

Veja um exemplo de três dias do regime:

Dia 1:
Café da manhã: café sem açúcar + 2 ovos cozidos + 5 castanhas de caju
Lanche da manhã: 1 maçã
Almoço/jantar: 1 filé de frango com molho de tomate, azeite e arroz de couve-flor com legumes
Lanche da tarde: 1 iogurte natural com chia

Dia 2:
Café da manhã: 1 xícara de chá branco + 2 ovos mexidos na manteiga
Lanche da manhã: 1 pera
Almoço/jantar: omelete com 2 ovos e recheio de frango, tomate e orégano
Lanche da tarde: café sem açúcar + 2 fatias de queijo coalho ou minas

Dia 3:
Café da manhã: café sem açúcar + omelete de 2 ovos e queijo
Lanche da manhã: 2 fatias de melancia
Almoço/jantar: peixe ao forno com legumes e azeite
Lanche da tarde: 1 iogurte natural + 1 ovo cozido

Via
Metropoles

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar