Alepe homenageia 35 anos da Ordem Demolay em Pernambuco

A Assembleia Legislativa de Pernambuco homenageou, na noite desta segunda-feira (3), a passagem pelos 100 anos de fundação da Ordem Demolay e os 35 anos de sua chegada a Pernambuco. Por iniciativa do deputado Antonio Coelho (DEM), a Casa reconheceu q contribuição da instituição, gerida pela Maçonaria e dedicada à formação de jovens dos 12 aos 21 anos.

“Entendemos o papel de destaque exercido pela agora centenária Ordem DeMolay em nossa juventude, ajudando na formação de líderes e cidadãos de bem. Hoje como parlamentar, entendo ainda mais a necessidade de valores como companheirismo, patriotismo, amor filial, reverência pelas coisas sagradas, cortesia, fidelidade e pureza. Valores estes que são as sete Virtudes Capitais, a base da ordem Demolay”, destacou Antonio Coelho.

Presente à homenagem, o grande mestre e conselheiro estadual da Ordem Demolay, Alessandro Lima definiu a sessão solene como “histórica”. “Nós acreditamos que se a sociedade precisa melhorar, somos nós mesmos que devemos iniciar essa mudança, e o empenho junto à juventude é essencial para atingirmos este objetivo”, colocou o grande mestre.

Filha de maçon, a deputada Roberta Arraes presidiu a sessão solene. “A Assembleia faz hoje uma justa homenagem à Ordem Demolay. Que seus ideais prosperem e encontrem ainda mais ressonância nos jovens de Pernambuco”, disse a parlamentar.

A Ordem Demolay foi criada em 1919, nos Estados Unidos, pelo maçon Frank Sherman Land. Em 1980, chegou ao Brasil e em 1984 em terras pernambucanas na cidade de Caruaru, trazida pelos maçons Pedro de Lemos e José Luiz da Silva. Este último esteve presente e, emocionado, agradeceu pela homenagem. “Me passou um filme da dedicação de todos, este ato é de enorme significado para todos nós”, afirmou José Luiz.

Por: Manoel Guimarães – Assessor de Imprensa do deputado Antonio Coelho

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Clique aqui e fale com Divulga Petrolina pelo WhatsApp
Fechar