Mais de 42 km de estradas receberão patrolamento entre o Povoado do Uruás a Caititu, em Petrolina (PE)

Dando continuidade ao serviço de melhoramento das estradas vicinais, a Prefeitura de Petrolina começou na semana passada o patrolamento que implementará 42 km no trecho que segue de Uruás a Caititu. Equipes da Secretaria de Governo e Agricultura (SEGOA) estão cumprindo um intenso cronograma de recuperação de estradas vicinais e vilas da zona rural do município sertanejo.

Em agosto, 118 km foram atendidos pela prefeitura que sempre tem priorizado os trechos mais críticos que precisam de reparos urgentes. Assentamento São Paulo, Suçuarana, Baixa Fechada, Cacimba Velha, Volta da Carolina em direção a Amargosa, Horizonte, Simpatia, Poço da Pedra, Ramalhete, Feijões, Lagoa do Pau Ferro, Baixa Alegre, Mirador, Barra da Água Branca, Sítio Vistoso, Sítio Tabuleiro de Berti.

Nesse mês de setembro, o cronograma continua e as equipes da secretaria já estão atuando entre Uruás e Cruz de Salinas e depois seguirão para Caititu, atendendo as solicitações da população para implementar tanto a estrada principal quanto os ramais.

Os serviços de patrolamento e operação tapa-buracos são executados pela Secretaria de Governo e Agricultura e visam proporcionar melhor mobilidade, normalizando o tráfego da população local e assim garantir mais segurança nas vias internas de vilas e estradas vicinais, evitando transtornos e prevenindo acidentes. No último levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Petrolina apresenta mais de 4 milhões de km² e mais de 6 mil km de estradas vicinais que precisam, anualmente, receber a operação tapa-buracos em épocas chuvosas e patrolamento nos demais períodos do ano em que predomina o estio.

O secretário de Governo e Agricultura, Simão Durando, tem acompanhado de perto os trabalhos e realizado, constantemente, diversas reuniões em comunidades de sequeiro, ribeirinha e irrigada para elencar as reivindicações mais urgentes e coloca-las no planejamento para que sejam atendidas o mais breve possível.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Clique aqui e fale com Divulga Petrolina pelo WhatsApp
Fechar