Paulo Câmara prestigia a maior feira literária do Nordeste

A XII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco segue até o próximo domingo

O governador Paulo Câmara visitou, neste domingo (06.10), a XII Bienal do Livro de Pernambuco, que traz como tema nesta edição “Histórias para Resistir”, e acontece até o próximo domingo (13.10), no Centro de Convenções. Acompanhado do secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto, e de Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe, o chefe do Executivo Estadual circulou pela feira cumprimentando os frequentadores e marcou presença no estande da Companhia Editora de Pernambuco – CEPE.

Para Paulo Câmara, eventos como esse cumprem um papel muito importante, principalmente em Pernambuco, que registra um histórico de resistência na sua trajetória. “Mostra para a juventude, para os pernambucanos e para todos que vêm aqui a força da nossa literatura, a importância de ler, de estar sempre buscando pensar mais no futuro e no passado, e tirar lições deles”, afirmou o governador, avaliando esse movimento de forma positiva e construtiva.

“É uma grande atividade em favor do livre pensar, da busca para diminuir desigualdades. E para os nossos jovens terem ciência do que aconteceu, do que está acontecendo, e saberem que lendo, estudando e se dedicando, eles vão poder fazer as transformações que o nosso País e o nosso Estado precisam”, concluiu Paulo Câmara.

Raíza Alencar, de 18 anos, estudante de Direito, é um exemplo de uma dessas jovens que enxergam mudanças por meio da leitura. “É muito bom um evento como esse, porque estimula as pessoas a lerem, a buscarem mais os livros. Acredito que traz muito conhecimento para as pessoas. Estou achando incrível, os preços estão ótimos e recomendo muito”, observou a universitária.

O preço acessível também foi destacado por outros frequentadores da feira, como a médica Sandra Monteiro, que teve uma surpresa boa ao ver uma fila grande na entrada do evento e uma variedade de opções com valores justos. “É bom ver uma fila de gente querendo livro, porque fora daqui a gente geralmente encontra bem caro, para uma boa parte da população é bem inacessível. Sempre compro muito livro, mas hoje vim querendo encontrar justamente uma variedade maior e um custo melhor. Estou levando livros para mim, para a família, para os jovens da família, todos bem variados”, argumentou Sandra.

Os temas que compõem os estandes da feira e os livros expostos são bem diversificados, e a expectativa de movimento dos expositores é bastante positiva. Renato Aguiar é voluntário da instituição que representa a conscienciologia em Pernambuco, a ciência que estuda a consciência, o “eu”, que vai além do cérebro e do corpo físico. Em tempos de busca pelo autoconhecimento, o estande que traz obras que explicam essa ciência está recebendo muitas pessoas interessadas. “Abordamos técnicas de evolução e autoenfrentamento para a pessoa superar questões na sua existência”, explicou Renato, que comemorou a movimentação do primeiro fim de semana de feira e o número de curiosos com o tema, já prevendo um resultado positivo. “A expectativa é grande até o final da feira”, concluiu.

A Bienal acontece durante dez dias, trazendo atividades, oficinas e palestras e promovendo uma verdadeira imersão cultural, com o objetivo de celebrar a literatura, entre outras formas de linguagens artísticas, como a música e a dança. Ao final da visita, o governador Paulo Câmara participou, juntamente  com a economista Tânia Bacelar e o senador Humberto Costa, do painel “Desafios e oportunidades na economia do Nordeste e do Brasil”.

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Clique aqui e fale com Divulga Petrolina pelo WhatsApp
Fechar