Fundaj lança parceria com Natal Sem Fome 2019 em Pernambuco

Em clima de reconhecimento, solenidade celebrou importância da campanha solidária; doações de alimentos não perecíveis podem ser feitas nos campi da Fundação até o dia 20 de dezembro.

A parceria entre a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a organização Ação da Cidadania na campanha Natal Sem Fome 2019, em Pernambuco, teve seu lançamento oficial na noite desta segunda-feira (4). A solenidade foi realizada no Museu do Homem do Nordeste, localizado no bairro de Casa Forte, na Zona Norte do Recife. Desde o dia 1º de novembro, os campi Apipucos, Casa Forte, Derby e Engenho Massangana têm servido de ponto de arrecadação para a doação de alimentos não perecíveis que serão distribuídos a famílias necessitadas às vésperas da festa cristã.
De acordo com o presidente da Fundaj, Antônio Campos, a redução das desigualdades no Brasil é urgente e o apoio à iniciativa é um dever da casa. “Entendemos a importância de combater e reduzir as desigualdades ainda presentes no país. Por isso, é imprescindível acolher um projeto de grande simbolismo, como é o Natal Sem Fome, que há tantos anos é referência do ideal cidadão para a sociedade brasileira”, declarou.

O comitê estadual de arrecadação espera levantar 200 toneladas de alimentos até o dia 20 de dezembro deste ano, quando a campanha chega ao fim. Em 2018, Pernambuco apresentou uma queda, com apenas 40 toneladas de alimentos arrecadados. “Uma das menores arrecadações”, aponta coordenador do comitê estadual, Anselmo Monteiro. Só em 2012, mais de 500 toneladas foram levantadas pelo estado.

“Há 26 anos [quando a campanha foi criada], ‘solidariedade’ era uma palavra sem grande motivação. Com todas as dificuldades enfrentadas pelo país e pelo mundo nos últimos anos, a gente percebe que as pessoas compreendem cada vez mais seu papel diante da ação solidária. São mudanças progressivas e sutis que ajudam a construir uma sociedade mais justa”, destacou Anselmo Monteiro.

A noite contou com a presença do Coral da Fundação Joaquim Nabuco, que iniciou sua apresentação com a música “Vem Que Está Chegando o Natal”. Ao fim do lançamento, o filme documentário “Três irmãos de sangue” (2016), de  Ângela Patrícia Reiniger, foi exibido no Cinema do Museu. O longa-metragem conta a trajetória de Herbert de Souza – idealizador do Natal Sem Fome -, e seus irmãos, em um Brasil desigual.

Combate às desigualdades
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 15,3 milhões de brasileiros vivem abaixo da linha de pobreza, ganhando menos de R$ 140 por mês. O número, coletado no ano passado, corresponde a 7,4% da população brasileira. Na próxima sexta-feira (8), a Fundaj lançará o resultado da pesquisa “Inovação social para combater as desigualdades”. O anúncio foi feito pelo presidente da Instituição durante a cerimônia de lançamento da parceria.

Ainda durante a solenidade, Antônio Campos lembrou do compromisso da Fundaj com as transformações sociais e comemorou a correlação do tema de redação proposto pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com os trabalhos desenvolvidos pelos cinemas da Fundação. “Há dois anos, realizamos o cinema acessível, por meio do Projeto Lumiar para cegos, surdos e ensurdecidos; além do programa Índigo, para crianças com necessidades específicas. Isso se chama inclusão social”, celebrou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios