Sistema eletrônico da prefeitura fiscaliza ônibus em tempo real e 24 horas por dia em Petrolina (PE)

A Prefeitura de Petrolina já colocou em funcionamento um novo sistema de monitoramento e fiscalização que acompanha durante 24 horas a operação dos 83 ônibus das 21 linhas que circulam pela cidade. O monitoramento que abarca ainda 420 pontos de ônibus é feito no Centro de Controle de Operações (CCO) da Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla) de onde os fiscais da prefeitura acompanham em tempo real os trajetos de todos os veículos.

Com auxílio de quatro telões, os fiscais da Ammpla monitoram as linhas em gráficos que apontam, em tempo real, os horários, paradas e rotas de toda a frota. O sistema permite a fiscalização através do GPS instalado em cada um dos 83 novos ônibus que passaram a circular em Petrolina no final de 2019.

De acordo com o diretor presidente da Ammpla, Edilson Leite, a ideia é que esta plataforma, possa melhorar a qualidade do serviço prestado aos usuários de Petrolina. “Os usuários já perceberam que houve uma melhoria significativa no transporte público com a chegada de uma nova empresa, isso é notório. Mas nós, enquanto órgão fiscalizador, precisamos monitorar a quantidades dos ônibus de cada linha em circulação, acompanhar os trajetos e assim verificar quais melhorias são necessárias em cada bairro”, disse.

Ainda segundo “Edilsão do Trânsito”, a ideia é que a prefeitura implante melhorias significativas através do Sistema Integrado de Mobilidade (SIM) que inclui também a instalação de novos abrigos de ônibus, pavimentação de corredores exclusivos de ônibus e melhorias nas linhas.

Novos corredores – no último mês, o prefeito Miguel Coelho anunciou que a prefeitura vai investir R$ 15,2 milhões em obras para melhorar a mobilidade em corredores de transporte coletivo.

Serão pavimentadas 12 ruas e avenidas nos bairros Loteamento Recife, Vila Débora, Padre Cícero, Santa Luzia, Dom Avelar, José e Maria, Pedro Raimundo, Park Massangano, Cosme e Damião e Vila Eulália. Todas tem fluxo permanente de ônibus, formando um eixo estratégico para a mobilidade de Petrolina. As obras tem previsão de entrega de oito meses.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar