Idosos representam 54% das mortes por covid-19 em Petrolina e prefeitura reforça necessidade de isolamento social

Das 22 mortes registradas em Petrolina em decorrência do novo coronavírus, 12 delas foram de pessoas acima de 60 anos. Isso representa 54,5% dos casos, fato que corrobora que os cuidados com os idosos, público considerado grupo de risco, devem ser redobrados. Diante do cenário, a prefeitura acende um alerta para a necessidade do grupo manter o isolamento social e reforça medidas preventivas em relação ao vírus.

A orientação da prefeitura é que familiares ou vizinhos (caso o idoso more sozinho) se disponibilizem para fazer compras e resolver pendências fora de casa. Neste momento, estes familiares devem estar ainda mais atentos, monitorando a saúde física e mental dos idosos e incentivando que permaneçam ativos, mas dentro de casa. Junto a isso, reforçar medidas de higiene, como lavar sempre as mãos e higienizar mercadorias.

Ainda em março, quando foram adotadas as primeiras medidas de prevenção ao novo coronavírus, os idosos foram lembrados como público a ser protegido.  As atividades nos Centros de Convivência do Idoso foram suspensas, para evitar a exposição dos assistidos, e kits alimentares mensais estão sendo distribuídos pela prefeitura aos que dependiam da alimentação fornecida no serviço. Além disso, a equipe do Centro de Atenção à Pessoa Idosa vem atuando com ações voltadas para o grupo, dentre elas, a conscientização dos que ainda circulam nas ruas. Foram mais de 7 mil abordagens nas feiras, centro comercial e bairros do município.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar