Mortalidade por covid-19 em Juazeiro é superior a Petrolina, segundo pesquisa da Facape

O colegiado de economia da Facape divulgou no sábado (9), pesquisa  da evolução da Covid-19 no Vale do São Francisco na última semana. Os dados apontam que a cidade de Juazeiro apresenta até então taxa de mortalidade superior a Petrolina, enquanto o município pernambucano apresenta 1,2%, a cidade baiana apresenta 1,8%.

Apesar da inferioridade na taxa de mortalidade, Petrolina ainda supera Juazeiro no número de casos confirmados. Foram 125 novos casos apenas na última semana, totalizando 12.884 casos confirmados sendo 2.401 casos ativos.  Em contrapartida, Juazeiro apresentou apenas 25 novos casos, chegando a um total de 7.825 casos confirmados e 2.150 casos ainda ativos.

Segundo o boletim, a cidade de Juazeiro apresenta estabilidade com relação ao número de novos infectados. Na última média móvel realizada foram 21 novos casos, enquanto 7 dias atrás foram 20. Já Petrolina apresenta aumento, a última média móvel são 99 casos, enquanto 7 dias atrás foram 67 novos casos.

A pesquisa também alerta sobre a necessidade de uma infraestrutura de saúde preparada para um possível aumento de novos casos que precisem de internação em UTI. Após ter o hospital de campanha fechado e alguns leitos desativados, Petrolina conta agora com 53 leitos disponíveis. Dos leitos públicos disponíveis, 20 estão em uso. Em Juazeiro, a nova gestão não informa sobre os leitos da UPA, apenas do Regional e Pro Matre que totalizam 30 leitos, entre estes a Secretaria de Saúde  informou que apenas 2 leitos estão vagos, sendo assim, Juazeiro atinge 93,33% de ocupação.

O estudo observa que na cidade de Juazeiro, onde as atividades comerciais funcionam, mas festas e música ao vivo estão proibidas, a quantidade de novos casos nesta semana está bem abaixo, ao contrário do que vinha acontecendo nos últimos dias. Entretanto em Petrolina, muitos novos casos continuam aparecendo ao longo das semanas. A cidade pernambucana tem a quantidade de novos casos diários muito superior aos números diários da cidade bahiana.

Em relação ao número de testes realizados, Petrolina testa muito mais que Juazeiro, que apesar de apresentar crescimento no número de testes, na última semana o município baiano ficou abaixo das médias diárias de testes. Ambas as cidades quase não realizam testes no fim de semana, porém em Petrolina após a transição de 2020 para 2021, as testagens voltaram a acontecer normalmente. Sobre o índice de isolamento social, as duas cidades têm a menor taxa às sextas-feiras.

Diante das informações apresentadas, a pandemia no Vale do São Francisco ainda gera grandes preocupações. De acordo com o coordenador da pesquisa,  João Ricardo Lima, a quantidade de novos casos cresceu bastante, “a quantidade de casos ativos aumentou e felizmente foi aumentada a quantidade de leitos de UTI públicos disponíveis para a população, depois de um período de redução. Assim, os cuidados precisam ser redobrados e todas as medidas de prevenção devem ser seguidas, como o uso de máscara, álcool gel e distanciamento.” Finalizam os pesquisadores.

Por: Assessoria de Comunicação da Facape

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar