Estudo de requalificação dos acessos locais da zona urbana de Lagoa Grande foi debatido com Vilmar Cappellaro e o DNIT

Com o aumento da população, a movimentação interna de veículos e pedestres cresceu significantemente em Lagoa Grande e com isso vem causando alguns transtornos e acidentes. Pensando nisso e atendendo ao pedido do Prefeito Vilmar Cappellaro, o chefe de serviço do DNIT, o engenheiro Anderson Nunes de Lima e o técnico de infraestrutura de transportes, Wesley Almeida Freire, ambos da unidade em Petrolina, estiveram em Lagoa Grande para viabilizar um estudo de requalificação dos acessos locais da BR – 428, zona urbana da sede.

O prefeito Vilmar Cappellaro frisou que alguns acessos na sede possuem uma grande movimentação de pedestres e veículos, por isso, precisam urgentemente de melhorias para darem mais segurança aos usuários das vias locais e da BR-428. A solicitação também foi protocolada em ofício.

Outro ponto da BR que tem preocupado o gestor é a situação estrutural da ponte de acesso ao povoado de Izacolândia, divisa entre Lagoa Grande e Petrolina. Com passagens bem curtas, o local coloca a vida de centenas de pessoas que trafegam ali diariamente em perigo. O prefeito frisou que no DNIT já existe um projeto em Brasília para fazer a requalificação e melhorias da passagem de pedestre e o reforço em toda estrutura da ponte.

Além do Prefeito Vilmar Cappellaro e dos dois representantes do DNIT de Petrolina, fizeram parte da comitiva: o secretário de infraestrutura Ademar Nonato, o secretário de Governo Olavo Marques, o chefe de gabinete Valman Rivas, o engenheiro da prefeitura, Alessandro e o engenheiro supervisor da ASTEP Engenharia, Marcyaldo Teixeira.

Por: Everaldo de Souza Ramos – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Lagoa Grande

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar