Lixo em terreno atrai ratos e cobras no bairro Caminho do Sol em Petrolina

Segundo moradores, o material é depositado no local por carroceiros.
Animais estariam invadindo casas e estabelecimentos comerciais.

Carroceiro joga lixo em terreno no bairro Caminho do Sol (Foto: Janeide Moraes/Arquivo pessoal)

O lixo acumulado em um terreno baldio está trazendo transtornos aos moradores da Rua Gualter Araripe, no bairro Caminho do Sol, Zona Leste de Petrolina, no Sertão pernambucano. No entulho estão restos de madeira, tijolos e plantas. O que mais preocupa as pessoas que vivem próximas ao local é que ratos apareceram no local e a presença dos roedores atraíram animais peçonhentos.

No local são depositados restos de madeira, tijolos e plantas (Foto: Janeide Moraes/Arquivo pessoal)
No local são depositados restos de madeira, tijolos e plantas (Foto: Janeide Moraes/Arquivo pessoal)

De acordo com a enfermeira, Janeide Moraes, que vive na rua do terreno onde o lixo é despejado, carroceiros depositam entulho no local com frequência. “Já flagrei vários carroceiros jogando lixo no terreno atrás da minha casa. O pior é que eles até ameaçaram a minha mãe”, desabafa.

Ainda segundo a enfermeira, os dejetos já estão atraindo serpentes. “Já cheguei a matar três cobras. Duas no muro e uma dentro de casa. Tem uma criança pequena morando com a gente, meu sobrinho de menos de um ano, e ele não tem noção do perigo que está correndo. Tivemos de tapar todas as frestas da casa”, conta.

O problema também atinge o comércio da localidade, é o que conta Aparecida Suda, a mãe do dono de um restaurante na Rua Gualter Araripe. “Jogam lixo aqui sempre. O pior é que atrai ratos, o que é péssimo para o restaurante”, declarou.

De acordo com o secretário executivo de Ordem Pública, Jenivaldo dos Santos, a população pode fazer a denúncia para a secretaria. Caso o carroceiro seja flagrado jogando lixo em via pública, a carroça será apreendida. “O animal que faz a tração do veículo também será apreendido e levado para o Centro de Zoonoses. O dono só poderá retirar o animal quando pagar uma multa no valor de R$ 200”, explicou Santos.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana para obter mais informações sobre locais apropriados para o depósito de lixo, mas ainda não recebeu resposta.

Serviço:

Os telefones para denúncia na Secretaria Executiva de Ordem Pública são (87) 3864-9018, 3864-9019 ou 3864-9020

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar