ONG pernambucana disputa votação do Instituto MRV

A SomosProfessores.Org concorre na 5ª Chamada Pública de Projetos com mais 11 projetos nacionais. Os mais votados pelo público recebem incentivo de R$ 80 mil.

Estão abertas as votações do Educar para Transformar – 5ª Chamada Pública de Projetos, do Instituto MRV, para decidir quais projetos sociais serão apoiados por ele em 2019. Entre as 12 organizações que concorrem ao aporte de R$80 mil no Brasil, está a pernambucana SomosProfessores.org. A eleição pode ser realizada até a próxima sexta-feira (14/12) pelo site: www.institutomrv.com.br.

Ao todo, 926 projetos se inscreveram nesta edição do programa. Os 12 finalistas foram selecionados por uma comissão que levou em conta critérios como adequação com o foco do programa, potencial de impacto e transformação social, entre outras características. O resultado, com os mais votados, será divulgado no dia 19 de dezembro. Além de treinamento e orientações, cada um dos vencedores receberá um aporte de R$ 80 mil para o desenvolvimento das ações propostas.

Com quatro anos de atuação, a ONG SomosProfessores.Org pretende, caso seja uma das vencedoras, garantir materiais, apoio técnico e acompanhamento para até 15 projetos educacionais de professores da rede pública de ensino do município de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. Com isso, serão impactados mais de mil alunos.

Nesta edição do Educar para Transformar puderam se inscrever projetos nas cidades em que a MRV possui empreendimentos lançados ou em construção. Os projetos devem trabalhar a educação como geradora de transformação social contemplando o objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4. Além disso, devem desenvolver suas atividades de forma que, comprovadamente, contribuam, impactem e potencializem os resultados da Agenda 2030 da ONU. “Somente por meio da votação podemos ser mais assertivos em relação a quais projetos apoiar, contribuindo para a transformação e desenvolvimento sustentável da população das cidades onde a MRV atua. Devido a isso, contamos com o engajamento de todos”, fala o diretor do Instituto MRV, Raphael Lafetá.

Estão na disputa: O Fabuloso Circo da Ciência (Manaus/AM), Arte em pneus para educação ambiental (Ribeirão Preto/SP), Prêmio Educação de Qualidade: pela igualdade de gênero e redução da violência (Salvador/BA), Robótica Educacional (Pindamonhangaba/SP), Agência Jovens Protagonistas (São José dos Campos/SP), Mar limpo: educação e desenvolvimento sustentável no litoral(Parnamirim/RN), Projeto Amoreira (São Paulo/SP), SabÓleo: o sabão que gera educação (Rio De Janeiro/RJ), Círculos de Leitura (São Paulo/SP), Grêmio em Rede (São Paulo/SP) e Projeto de Capacitação em Produção Audiovisual (São Paulo/SP).

Sobre o Instituto MRV

Para a MRV Engenharia, investir em responsabilidade social é tão importante quanto garantir o sonho da casa própria para milhares de brasileiros. Por isso, a companhia fundou em 2014 o Instituto MRV, organização sem fins lucrativos, voltada para promoção da transformação social do país por meio da educação. Somente em 2017, foram investidos mais de R$5,6 milhões em projetos como a Chamada Pública de Projetos, Criança Esperança, Programa Miguilim, Cidade dos Meninos São Vicente de Paulo, Projeto Querubins, e muitos outros. Além disso, o Instituto também é responsável pelo incentivo ao voluntariado junto aos colaboradores da construtora e hoje o instituto conta com 2.300 voluntários. Saiba mais em www.institutomrv.com.br.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar