Apresentador ‘dado como morto’ em Brumadinho esclarece boato; Confira o vídeo

Sérgio Cursino gravou um vídeo para tranquilizar familiares, amigos e fãs.

Um vídeo em que Sérgio Cursino, apresentador de TV e radialista, narra a crônica “A gente vai embora” está sendo falsamente atribuído ao dono da pousada Nova Estância, Marcio Paulo Barbosa Pena Mascarenhas, que morreu soterrado pelo mar de lama da barragem da Vale que se rompeu no dia 25 de janeiro, em Brumadinho (MG).

Em redes sociais e em aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, a gravação de Sérgio Cursino é compartilhada com o seguinte texto: “Dono da pousada de Brumadinho que morreu deixou esse vídeo sem saber que sua passagem estava tão próxima. Deixou sem querer uma grande lição para nós.”

Nesta sexta-feira (1º), Sérgio Cursino gravou um vídeo para tranquilizar familiares, amigos e fãs que se assustaram com a repercussão do vídeo. Tranquilo, o apresentador afirma, mais de uma vez, que o caso foi “um equívoco” e que não acredita que o boato tenha surgido com a intenção de prejudicá-lo.

Em uma rede social, Sérgio Cursino também publicou um comunicado bem humorado sobre o boato: “Sou o morto mais saudável do Brasil. E vivo.”

Com informações da Folhapress.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clique aqui e fale com Divulga Petrolina pelo WhatsApp
Fechar