Boatos em WhatsApp: que o Centro de Controle de Zoonoses de Petrolina teria cobrado uma taxa para recolher égua baleada

O Centro de Controle de Zoonoses afirma que nunca houve cobrança de nenhuma taxa para recolhimento de animais nessas situações.

Após troca de tiros na noite desta segunda-feira (22), no bairro Dom Avelar em Petrolina (PE), moradores encontraram uma égua que ficou ferida durante a ação.

O Centro de Controle de Zoonoses vem esclarecer que: ao ter ciência do ocorrido, destacou uma equipe ao local, conversou com o proprietário do animal, que inicialmente não autorizou o recolhimento do cavalo, se comprometendo a cuidar do mesmo.

Nesta terça-feira (23), um boato espalhado em em grupos de WhatsApp afirmando que o Centro de Controle de Zoonoses cobrou uma taxa para a retirada do animal, trata-se de uma inverdade, pois nunca houve cobrança de nenhuma natureza para recolhimento e /ou resgate de animais nessas situações, pois se trata de uma das atribuições do Centro de Controle de Zoonoses.

O proprietário entrou em contato novamente com o Centro de Controle de Zoonoses, e solicitou que o órgão fosse recolher o animal. O mesmo foi recolhido e levado para para avaliação do caso.

Edição: Nelson Fontes/Divulga Petrolina

Com informações: Centro de Controle de Zoonoses de Petrolina

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clique aqui e fale com Divulga Petrolina pelo WhatsApp
Fechar