Projeto “Exercício Físico para Idosos na Prevenção de Quedas” está com inscrições abertas para voluntários

O projeto de pesquisa Exercício Físico para Idosos na Prevenção de Quedas, do Laboratório de Exercício Clínico (Labec) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), está selecionando 50 voluntários interessados em participar do estudo. A pesquisa investiga o quanto a prática de exercícios de força e equilíbrio podem contribuir na prevenção de quedas em idosos. Os interessados devem ter 65 anos ou mais, ser sedentários e apresentar queixas de perda de memória. As inscrições podem ser realizadas até 30 de abril.

Para se voluntariar, o interessado deve enviar uma mensagem para o WhatsApp do projeto no número (87) 99128-9898, por onde receberá as orientações da equipe. O candidato irá passar por uma triagem, via telefone, para verificar as condições de saúde, idade e se possui contra indicações à prática de exercícios. Caso selecionado, o idoso irá assinar um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), concordando em participar da pesquisa. Os exercícios com os selecionados, que estão previstos para acontecer a partir de maio, serão realizados no Campus Sede da Univasf, em Petrolina (PE), com duração de seis meses. Os idosos voluntários passarão por avaliações físicas e cognitivas, supervisionadas por educadores físicos, duas vezes por semana.

Após seis meses praticando os exercícios propostos pelos profissionais, o idoso continuará sendo monitorado por mais seis meses, para avaliar o número de quedas e o quanto os participantes aderiram à prática dessas atividades em seu cotidiano. Anteriormente, o programa tinha duração de três meses e, nesse período, os pesquisadores observaram melhora na força muscular, capacidade de caminhada e equilíbrio postural dos voluntários. Com o intuito de obter melhores resultados em relação ao número de quedas nos idosos, o Labec estendeu o período de prática das atividades físicas para seis meses.

Segundo a coordenadora do Labec, Mariana Souza, professora do Colegiado de Educação Física (Cefis), as quedas são uma das principais causas de hospitalização e morte entre a população idosa. “Os idosos que apresentam queixas de memória ou comprometimento cognitivo leve têm sete vezes mais chances de sofrer uma queda. Melhorar a força e o equilíbrio postural é fundamental para ajudar a prevenir a ocorrência de um acidente. O exercício físico é um dos meios que auxiliam os idosos nesses aspectos”, enfatiza Mariana, que ressalta que o programa, além de contribuir para a prevenção de acidentes, promove o aumento da independência do idoso e a redução de despesas médicas.

Aprovado pelo Comitê de Ética da Universidade de Pernambuco (UPE), o projeto Exercício Físico para Idosos na Prevenção de Quedas é realizado desde 2018 e já contou com a participação de mais de 150 voluntários. Os exercícios são supervisionados por profissionais formados em Educação Física, que são mestrandos do Programa de Pós-Graduação em Educação Física (PPGEF) da Univasf. Os profissionais são auxiliados por estudantes de graduação dos cursos de Educação Física e Fisioterapia de instituições da região, como UPE e UniBras. Mais informações sobre as inscrições e o programa podem ser encontradas no Instagram do Labec.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar