Pesquisa da cesta básica da Facape aponta aumento de preços em Petrolina (PE)

A pesquisa da cesta básica de alimentação, feita pelo colegiado do curso de Economia da Facape, apresentou inflação de 4,04% em Petrolina e deflação de 5,05% em Juazeiro, em uma comparação do mês de abril com o mês de maio. A razão desse aumento em Petrolina o tomate, que teve alta de 18,35%, além da carne e do pão francês que sofreram aumento por conta da redução da oferta.

No total, a pesquisa estimou a cesta básica do mês de maio em R$ 352,58 para Petrolina e R$ 344,48 para Juazeiro. Isso significa que um morador do Vale do São Francisco que recebe um salário mínimo de R$ 998,00 gasta aproximadamente 34,9% da renda com os produtos da cesta básica.

De acordo com a pesquisa, há variação de preço muito grande de mercado para mercado, portanto o consumidor sempre pode economizar se souber pesquisar os preços. A carne em Juazeiro, por exemplo, variou de R$18,90 para R$29,39. Já o feijão em Petrolina variou de R$ 5,06 para R$ 12,60.

Como os valores estão crescendo, os consumidores precisam continuar buscando alternativas comprando produtos em oferta, substituindo mercadores mais caros por mais baratos ou até mesmo não comprando o produto para forçar a redução do preço.

Ascom Facape.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Clique aqui e fale com Divulga Petrolina pelo WhatsApp
Fechar