Máscaras caseiras podem ajudar na prevenção contra o coronavírus; de acordo com Secretaria de Saúde de Petrolina (PE)

O alerta é para que toda a população comece a fazer uso e até mesmo a confeccionar as próprias máscaras de pano, para servir de barreira física contra o novo coronavírus.

Mediante o aumento do número de pessoas contaminadas pela Covid-19 no Brasil, o Ministério da Saúde divulgou no início deste mês, novas orientações que seguem a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), quanto ao uso de máscara de proteção individual. Desta vez, o alerta é para que toda a população comece a fazer uso e até mesmo a confeccionar as próprias máscaras de pano, para servir de barreira física contra o novo coronavírus.

Para tanto, médicos e especialistas da Secretaria de Saúde de Petrolina orientam a forma correta para a confecção da máscara, ressaltando a importância do uso individual, não podendo ser compartilhado entre membros da família que deve conter: duas camadas de tecido (preferencialmente de algodão) para que seja de fato uma eficiente barreira contra microrganismos. Para a fixação pode ser utilizado elásticos (que podem ser aqueles utilizados para prender o cabelo) ou ainda tiras para amarrar acima e abaixo da orelha. A mesma deve proteger a boca e o nariz para que seja de fato efetiva. Para a higienização do item, a pessoa deve lavar utilizando água corrente e água sanitária deixando-o de molho por pelo menos dez minutos.

A recomendação é que sempre que for necessário sair de casa o indivíduo possa colocar a máscara e tenha sempre uma de reserva preservada de contaminação externa, assim como também é preciso levar uma sacola para guardar a primeira máscara que deverá ser trocada após duas horas de uso. Dessa forma, a máscara caseira será mais uma estratégia de proteção além de evitar que muitas pessoas corram até farmácias e lojas de suprimentos hospitalares. As máscaras comercializadas devem ficar   disponíveis aos profissionais da saúde.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar